COMPARTILHAR

Tem cadastro conosco, senhor(a)?

Você já compartilhou seus dados em farmácias, mercados, academias, lojas, e-commerces, em troca de benefícios? Provavelmente sim… E poderá continuar fazendo!

Esses dados são relevantes para as empresas, pois eles trazem informações de valor sobre os consumidores, permitindo tomadas de decisões mais eficientes. E saber é poder porque com mais informação, as companhias podem oferecer benefícios, preços, produtos e serviços mais customizados aos consumidores.

Neste cenário, a Lei Geral de Proteção de Dados traz novos requisitos legais que devem estreitar e melhorar as relações entre os agentes de tratamento de dados e os consumidores (entendidos como titulares de dados), baseando-as na transparência e na confiança. A nova Lei e seus novos requisitos legais entram em vigor em agosto de 2020.

Estão todos preparados para esse novo paradigma, que também deverá ser observado nas relações de consumo?

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe o seu comentário
Por favor, insira o seu nome