COMPARTILHAR

Fonte: G1

Um novo golpe na internet vem chamando a atenção da Polícia Civil do Rio Grande do Sul. Em redes sociais, oferecem a venda de cartões de crédito feitos em nome de pessoas que têm os dados clonados, ou ainda de laranjas. Quem é lesado tem que pagar milhares de reais em compras que não fez.

“Eles [os fraudadores] oferecem os cartões prometendo que não vai dar problema, e que com esse cartão a pessoa poderá efetuar compras no prazo determinado de 30 dias”, diz o delegado Leonel Baldasso, que investiga o crime. É possível encontrar ofertas de limite que vai até R$ 6 mil, para serem utilizados no comércio.

As faturas não são pagas. Quem teve os dados pessoais usados na fraude acaba com uma dívida que não é sua. Baldasso afirma que investiga a forma como os fraudadores conseguem os dados das pessoas lesadas para emitirem os cartões.

Leia a matéria completa clicando aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe o seu comentário
Por favor, insira o seu nome